Conselhos de São Luís IX
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Conselhos de São Luís IX
Redação - 2016/06/22

"Deves evitar tudo quanto sabes desagradar a Deus, de tal forma que prefiras ser atormentado por toda sorte de martírios a cometer um pecado mortal".

A rainha Branca de Castela, mãe de São Luís IX, rei de França, repetia-lhe com frequência, quando ele era ainda criança: "Meu filho, prefiro ver-te morto do que em desgraça, por ter cometido um pecado mortal".1São Luis IX..jpg

A História não registra a resposta do príncipe, mas relata como também ele, já poderoso monarca, não descurava seus deveres cristãos diante dos ministros e oficiais da corte.

Certo dia perguntou ao Monseigneur de Joinville,2 cuja franqueza ele muito apreciava:

- Meu senescal, o que preferes: cometer um pecado mortal ou ficar leproso?

- Majestade!... Ficar leproso?!... Prefiro cometer trinta pecados mortais!

Pouco tempo depois, São Luís o chamou e lhe fez esta advertência:

- Falaste como homem insensato, pois não existe lepra tão horrorosa quanto o pecado mortal. A alma em pecado mortal se parece com o demônio, ente mais feio que todas as lepras. Além do mais, quando o leproso morre, fica curado, porque com ele se extingue a lepra corporal; porém, se falecer em estado de pecado mortal, a lepra da alma permanecerá aderida a ele, deixando-o totalmente enfermo por toda a eternidade.

Penetrado por tão piedoso espírito, São Luís deixou ao futuro rei Felipe III, seu filho, logo no início do seu testamento, esta preciosa recomendação: "Filho dileto, começo por querer ensinar-te a amar ao Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com todas as forças; pois sem isto não há salvação.

"Filho, deves evitar tudo quanto sabes desagradar a Deus, quer dizer, todo pecado mortal, de tal forma que prefiras ser atormentado por toda sorte de martírios a cometer um pecado mortal. [...]

"Por todos os benefícios que te foram dados por Deus, rende-Lhe graças para te tornares digno de receber maiores. Em relação a teus súditos, sê justo até ao extremo da justiça, sem te desviares nem para a direita nem para a esquerda; e põe-te sempre de preferência da parte do pobre mais do que do rico, até estares bem certo da verdade. Procura com empenho que todos os teus súditos sejam protegidos pela justiça e pela paz, principalmente as pessoas eclesiásticas e religiosas".

                                                                    *     *     *

Não cometer pecado mortal, ser sempre justo, é o mesmo que cumprir com amor e fidelidade os Mandamentos de Deus e da Igreja. Disto deu exemplo São Luís IX durante seu longo reinado, de 1226 a 1270. Por sua reputação de virtude e integridade, conquistou a estima universal, a ponto de ser solicitado para arbitrar diversos conflitos no território europeu.

Felizes os tempos em que mães, pais e governantes levavam a tal ponto o empenho em combater o pior mal da humanidade: o pecado mortal! Bem-aventurada a era histórica na qual a integridade e a virtude despertavam a confiança e a estima dos povos! ²

1 MARTÍN HERNÁNDEZ, Francisco. San Luis IX de Francia. In: ECHEVERRÍA, Lamberto de; LLORCA, SJ, Bernardino; REPETTO BETES, José Luis (Org.). Año Cristiano. Madrid: BAC, 2005, v.VIII, p.881.
2 Cf. JEAN DE JOINVILLE. Histoire de Saint Louis IX. Paris: Jules Renouard, 1868, p.9-10.
3 SÃO LUÍS IX. Testamento espiritual a seu filho. In: COMISSÃO EPISCOPAL DE TEXTOS LITÚRGICOS. Liturgia das Horas. Petrópolis: Ave-Maria; Paulinas; Paulus; Vozes, 1999, v.IV, p.1227-1228.

Votar Resultado 10  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.